Fonte: OpenWeather

    Infraestrutura


    Obra do complexo viário do Manoa avança com instalação de pilares

    O projeto do complexo viário do Manoa é composto por um viaduto, que transpassará por cima de uma rotatória, e um sistema binário de tráfego na área dos bairros Mundo Novo e Cidade Nova

    Os pilares possuem 20 metros de profundidade e são acompanhados por nove estacas | Foto: Marinho Ramos / Semcom

    Manaus - Em pouco mais de 20 dias, a construção do novo complexo viário do Manoa, localizado na avenida Max Teixeira, zona Norte, já passa dos 5% de execução. A obra integra as ações planejadas pela Prefeitura de Manaus em homenagem aos 350 anos da cidade e nesta terça-feira (8), chegou à fase de escavação e instalação de nove pilares na área central da via.

    Os pilares possuem 20 metros de profundidade e são acompanhados por nove estacas, cada um, que darão sustentação à estrutura central do complexo viário. Esse processo é feito com a implantação de armações de ferro reforçadas com concretagem. O mesmo método será feito nos dois lados da avenida, nas próximas etapas da obra, com a construção de pilares laterais.

    O projeto do complexo viário do Manoa é composto por um viaduto, que transpassará por cima de uma rotatória, e um sistema binário de tráfego na área dos bairros Mundo Novo e Cidade Nova. 

    Para o fiscal da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), engenheiro Sérgio Gonçalves, a obra segue em ritmo acelerado. “Já colocamos os tapumes, já retiramos as interferências e, agora, damos andamento processo de estaqueamento. Até setembro de 2020, essa construção estará entregue, indo ao encontro do que nos determina o prefeito Arthur Virgílio Neto, que é levar mais qualidade de vida ao povo manauara”, pontuou Sérgio.

    Cuidado

    Por conta da obra do complexo, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) atua na operação de transplante de 17 árvores existentes no canteiro central da Max Teixeira. As árvores serão reintroduzidas na área verde do conjunto Mundo Novo. A remoção das espécies permite que elas possam continuar vivas em outros locais e reflete a preocupação da atual gestão com questões ambientais e de arborização urbana.

    Novas frentes

    Em paralelo à instalação de pilares, vias no entorno da obra também são beneficiadas com ações de infraestrutura. No conjunto Mundo Novo, nove ruas já receberam ações de fresagem e aplicação de binder, que é uma camada mais resistente de asfalto. Já no bairro Manoa, os serviços foram executados em cinco vias e outras quatro recebem novo asfalto. Essas ruas são a base para começar o sistema viário do complexo viário do Manoa. 

    A doméstica Dione Coutinho, 57, se mostrou grata em receber as equipes de infraestrutura na rua São Lázaro, no Manoa, local onde mora. “A gente consegue ver que é um trabalho de qualidade e que vai durar com o tempo. Agradeço muito pelas melhorias que trouxeram outra realidade para as nossas ruas”, frisou Dione.

    *Com informações da assessoria

    Comentários