Fonte: OpenWeather

    Geral


    Municípios do AM recebem recursos do Programa Saneamento Brasil Rural

    O programa tem o intuito de alcançar as populações do campo, floresta e águas, e os povos originários, segmentos populacionais distintos como por exemplo: comunidades indígenas, extrativistas entre outros

    Na oportunidade, os prefeitos de alguns municípios aproveitaram para assinar convênios de recursos federais enviados pela Funasa | Foto: Naylene Freire

    O programa é o resultado de uma ação desenvolvida por gestores da esfera federal
    O programa é o resultado de uma ação desenvolvida por gestores da esfera federal | Foto: Naylene Freire

    Manaus - Líderes de estado se reuniram nesta quinta-feira (16), às 14h, para o lançamento do Programa Saneamento Brasil Rural do Amazonas. O programa visa atender as áreas rurais, bem como proporcionar uma estrutura básica de saneamento para municípios que ainda sofrem sem infraestrutura. Na solenidade esteve presente o deputado estadual Silas Câmara. Ele representou o governador do Estado, Wilson Lima, na sede da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), localizada na rua Osvaldo Cruz, s/n, bairro da Glória, zona Oeste de Manaus.

    O programa de saneamento é do Governo Federal, e está sob a responsabilidade do Ministério da saúde, por meio da Funasa. Ele é o resultado de uma ação desenvolvida por gestores da esfera federal, especialistas e pesquisadores no tema, com a participação daqueles que vivenciam o rural, como por exemplo, organizações comunitárias, movimentos sociais, órgãos municipais e estaduais que atuam diretamente no saneamento rural.

    O programa tem o intuito de alcançar as populações do campo, floresta e águas, e os povos originários e segmentos populacionais distintos. Nesse quesito estão incluídas as comunidades indígenas, extrativistas, assentamentos pequenos, aglomerados rurais, dentre outros, cujas especificidades fornecem elementos para embasar a escolha das soluções de saneamento básico a serem adotadas.

    O programa se desenvolverá em um período de 20 anos, sendo que 2019 foi o primeiro ano de referência do programa, e 2038 o último. Seguindo o planejamento do projeto, será revisado periodicamente, a cada quatro anos, anteriormente à elaboração do Plano Plurianual (PPA), e avaliado bianualmente com base nos indicadores de monitoramento previstos no programa e/ou definidos em estudos existentes ou posteriores.

    Na oportunidade, os prefeitos de alguns municípios aproveitaram para assinar convênios de recursos federais enviados pela Funasa
    Na oportunidade, os prefeitos de alguns municípios aproveitaram para assinar convênios de recursos federais enviados pela Funasa | Foto: Naylene Freire

    Assinatura de Convênios de Recursos Federais

    Na ocasião, os prefeitos de alguns municípios aproveitaram para assinar convênios de recursos federais enviados pela Funasa. Cerca de R$ 20 milhões serão investidos em seis cidades do estado, em prol do abastecimento de água. São eles: Alvarães, Anamã, Careiro Castanho, Santo Antônio de Içá e Itapiranga. A Funasa só disponibiliza verbas a municípios de até 40 mil habitantes.

    O portal Em Tempo conversou com dois prefeitos do interior do Estado, um deles foi o Abraão Lasmar do município de Santo Antônio de Içá, que possui 21.600 habitantes. O prefeito comentou sobre a importância do abastecimento de água.

    “Todos os municípios do interior têm esse problema com água, e resolver isso é de grande importância. Levar uma água tratada para população é mudar vidas. Ficamos muito felizes com essa parceria da Funasa em nossa gestão, afinal, através disso já construímos mais de 160 banheiros e 11 tanques em áreas rurais e nas comunidades”, contou o prefeito Lasmar.

    Para Francisco Bastos, prefeito de Anamã, conhecido com “Chico do Belo”, o município necessita de água.

    “Para Anamã é de suma importância. Mesmo sendo destinada apenas três milhões e oitocentos mil reais, o problema da água em Anamã será resolvido. A verdade é que a sociedade vive sofrendo há anos com esse problema e, graças à Deus, agora está para ser resolvido com esse convênio. Nosso intuito é resolver o problema na cidade e na zona rural”, de acordo com prefeito “Chico do Belo”.

    Anuncio
    Comentários