Fonte: OpenWeather
    Em tempo › Amazonas › Amazonastur e Cetam levam qualificação para Guias de Turismo do AM

    Amazonas / Amazonas


    Amazonastur e Cetam levam qualificação para Guias de Turismo do AM

    Com 940 horas de duração, o curso técnico de Guia de Turismo Regional é realizado na modalidade de Ensino a Distância (EaD) e teve início nesta segunda-feira (05/04).

     

    O investimento na qualificação de profissionais que atuam no ramo turismo do estado faz parte da estratégia do Governo do Amazonas para fomentar o setor
    O investimento na qualificação de profissionais que atuam no ramo turismo do estado faz parte da estratégia do Governo do Amazonas para fomentar o setor | Foto: Janailton Falcão

    Manaus (AM) - A parceria entre a Empresa Estadual de Turismo do Amazonas (Amazonastur) e o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), vai garantir a qualificação de 75 guias de turismo que atuam na área, mas ainda não possuem certificação profissional.

    Com 940 horas de duração, o curso técnico de Guia de Turismo Regional é realizado na modalidade de Ensino a Distância (EaD) e teve início nesta segunda-feira (5).

    O alinhamento das duas instituições para a oferta do curso surgiu após associações de guias levarem à Amazonastur a demanda de que muitos profissionais estavam exercendo a profissão sem a certificação.

    Para atuar legalmente, o guia precisa fazer parte do Sistema de Cadastro de Pessoas Físicas e Jurídicas (Cadastur) do Ministério do Turismo (MTur).

    Para ser inserido no cadastro, é necessário possuir qualificação certificada de instituição reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

     

    O presidente da Amazonastur, Sérgio Litaiff Filho, destaca a importância de o turista procurar por serviços legalizados.
    O presidente da Amazonastur, Sérgio Litaiff Filho, destaca a importância de o turista procurar por serviços legalizados. | Foto: Janailton Falcão

    O presidente da Amazonastur, Sérgio Litaiff Filho, destaca a importância de o turista procurar por serviços legalizados.

    “A pessoa, contratando serviços que são legalizados no Cadastur, tem como buscar os seus direitos, via Ministério do Turismo ou via direito do consumidor. Então, é sempre bom que o visitante procure os serviços seguros”, destacou.

    O investimento na qualificação de profissionais que atuam no ramo turismo do estado faz parte da estratégia do Governo do Amazonas para fomentar o setor, contribuindo com o combate ao exercício ilegal da profissão.

    Além de qualificação profissional, o governo estadual tem investido em infraestrutura nos municípios para dar melhores condições à população e ao turista que visita os locais.

    Curso

     

    Após a conclusão do curso, o profissional poderá atuar em diversas frentes
    Após a conclusão do curso, o profissional poderá atuar em diversas frentes | Foto: Janailton Falcão

    Após a conclusão do curso, o profissional poderá atuar em diversas frentes, como agências de viagem e operadoras, organismos turísticos públicos e privados, além de poder atuar de forma autônoma, de acordo com o permitido pela legislação da profissão.

    *Em Tempo com informações da assessoria

    Leia mais:

    Prefeitura fecha acesso a cachoeiras em Presidente Figueiredo

    Amazonas recebe motos e embarcações para reforçar combate à malária

    Incêndios florestais promovem expansão de savanas na Amazônia

    Comentários