Fonte: OpenWeather

    Ensino médio técnico


    Educação transformadora de escola em Manaus muda vidas de estudantes

    Com ensino aliado à responsabilidade social, Fundação Matias Machline já beneficiou mais de 5 mil estudantes

     

    Excelência no ensino e educação é o foco do projeto
    Excelência no ensino e educação é o foco do projeto | Foto: Marcely Gomes

    Manaus - Excelência é a palavra-chave que define a Fundação Matias Machline (FMM), atuante em Manaus há 33 anos. O projeto social sem fins lucrativos oferece ensino médio técnico para jovens da rede pública, nas áreas de Informática, Eletrônica e Mecatrônica.

    Durante sua trajetória, a fundação tornou-se uma das mais importantes do segmento na região Norte e na Amazônia, alcançando mais de 5 mil estudantes no Amazonas.

     

    Com 33 anos de atuação, FMM se destaca no ensino na região Norte
    Com 33 anos de atuação, FMM se destaca no ensino na região Norte | Foto: Marcely Gomes

    Segundo a diretora de Ensino e Pesquisa da FMM, Nancy Cavalcante, o objetivo é dar aos jovens amazonenses de baixa renda acesso a uma formação técnica de qualidade, com infraestrutura e professores de excelência. “Dessa forma, a fundação fornece mão de obra qualificada para a região e os alunos podem galgar um futuro melhor dentro do Amazonas, contribuindo com o progresso do nosso estado”, destaca.

    Números

    Os índices da Fundação Matias Mackline confirmam as palavras da diretora. Além de ser uma das cinco melhores escolas da região, 95% dos alunos da FMM são aprovados em universidades públicas. Em competições científicas, já são mais de 50 premiações. Em 2016, o Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) fez uma carta de recomendação para a fundação pelo alto número de alunos aprovados. 

    Projeto já beneficiou mais de 5 mil estudantes amazonenses de baixa renda
    Projeto já beneficiou mais de 5 mil estudantes amazonenses de baixa renda | Foto: Marcely Gomes

    Na FMM, os alunos dispõem de biblioteca, laboratórios, restaurante, piscina e quadras poliesportivas, onde podem realizar suas atividades de forma completa. Entre os mais de 800 alunos estudando atualmente na fundação,  pelo menos 80% têm renda familiar menor que quatro salários mínimos; mais de 50% vivem em situação de vulnerabilidade socioeconômica. A fundação também beneficia de forma gratuita mais de mil alunos do ensino fundamental por meio do curso preparatório “Preparar FMM”, focado em conteúdo que caem no exame de seleção. 

    Diferencial

    Mas os números não são o foco exclusivo da FMM. Nancy frisa que a formação humana dos estudantes é uma das prioridades do projeto. Para a instituição, família, escola e comunidade caminham juntas para melhor educar os jovens. “Temos um papel fundamental nesse sentido e trabalhamos para que o aluno tenha um comprometimento com a região e não saia daqui apenas como mais uma pessoa inteligente. Ele sai querendo contribuir para a melhoria da sociedade”, explica.  

    Biblioteca da FMM tem mais de 15 mil exemplares no acervo, entre livros técnicos e científicos, jornais e revistas
    Biblioteca da FMM tem mais de 15 mil exemplares no acervo, entre livros técnicos e científicos, jornais e revistas | Foto: Marcely Gomes

    Para cumprir essa missão, os alunos são incentivados a desenvolver projetos voltados para a transformação da realidade social. “Eles observam os problemas da sociedade e pensam em soluções, aplicando os conhecimentos adquiridos em sala de aula”, descreve a diretora. 

    Modalidades esportivas fazem parte do currículo escolar
    Modalidades esportivas fazem parte do currículo escolar | Foto: Marcely Gomes

    A formação dos alunos é complementada ainda com a prática de esportes como jiu-jitsu, flag futebol e natação. Projetos de cunho artístico cultural também fazem parte da rotina escolar, como a criação de revistas, festivais, concursos literários e outros. 

    Mais de 800 alunos estudam atualmente na fundação
    Mais de 800 alunos estudam atualmente na fundação | Foto: Marcely Gomes

    Vidas transformadas

    Em um dos projetos desenvolvidos na FMM, o escritor Jan Santos descobriu que a literatura mudaria sua vida. Na fundação, Jan cursou o ensino médio técnico em Informática entre 2009 e 2011 e participou do projeto 'Jovem Escritor', dedicado a desenvolver o hábito da escrita e leitura entre os alunos.

    "Participar do Jovem Escritor foi decisivo para mim. No projeto, senti afinidade. Sempre gostei bastante de ler, mas nunca tinha pensado em escrever", revela o autor, que já tem três livros publicados.

    Jan é formado em Letras, faz mestrado em Literatura e trabalha em sua quarta obra, além de realizar oficinas de escrita criativa. "No terceiro ano, venci um concurso da FMM e isso me ajudou a decidir a faculdade que queria para mim", completa

    Ex-aluno da FMM, o escritor Jan Santos já tem três livros publicados
    Ex-aluno da FMM, o escritor Jan Santos já tem três livros publicados | Foto: Divulgação

    Jan lembra com afeto do livro criado na fundação, "O Emissário de Fogo", uma fantasia sobre um mundo onde não existia mais dia. "Tenho um carinho grande pela história porque foi a primeira. Sem ela, não teriam vindo as outras", afirma.

    Dentro da galeria de histórias de sucesso da FMM, também está a capitã aviadora Joyce Conceição,  primeira mulher a pilotar a aeronave de transporte C-130 Hércules, um dos maiores cargueiros da Força Aérea Brasileira (FAB); e a acadêmica de Engenharia da Computação da Ufam, Carlla Martins, nomeada embaixadora brasileira na Brazil Conference at Harvard & MIT 2019. 

    Estudantes são incentivados a desenvolver projetos para melhorar a realidade social
    Estudantes são incentivados a desenvolver projetos para melhorar a realidade social | Foto: Marcely Gomes

    Seleção

    A Fundação Matias Mackline tem um dos processos seletivos mais concorridos em Manaus. Entre os requisitos para o ingresso de forma gratuita, o candidato precisa ter nascido a partir de 2000 e cursado o ensino fundamental em escola pública.

    O ensino médio profissionalizante tem duração de três anos em período integral. O próximo edital de seleção está previsto para o fim do ano, com inscrições online e presenciais. 

    Comentários