Fonte: OpenWeather

    Cultura


    Exposição Raiz, na galeria do Largo reúne obras indígenas

    A exposição é a união do tradicional ao moderno, mostrando a arte ancestral

    Raiz tem a intenção de repassar o trabalho, a história e o respeito pela cultura indígena
    Raiz tem a intenção de repassar o trabalho, a história e o respeito pela cultura indígena | Foto: Divulgação

    Manaus -Exposição Raiz reúne nesta quinta-feira (23), às 19h, na Galeria do Largo. Com o tema ancestralidade, o grafiteiro Raiz Campos, conhecido pelas suas obras indígenas nos viadutos da cidade. A exibição apresenta técnica inédita no mundo, que reúne seus grafites junto aos grafismo de esteiras indígenas produzidas por nativos do Alto Rio Negro. Com o tema ancestralidade, o grafiteiro Raiz Campos, conhecido pelas suas obras indígenas nos viadutos da cidade.

    “O conceito da exposição é mostrar respeito pela ancestralidade dos nativos da nossa terra. O suporte das pinturas são esteiras indígenas carregadas de simbolismo, grafismo e padrões da natureza. É importante salientar que esses grafismos não são inventados. São registros transmitidos de pai para filho, que possuem uma história de anos e anos, e que, ainda hoje, resiste”, explica o artista.

    Raiz ainda conta que a exposição é a união do tradicional ao moderno, unindo os grafismos que representam a arte ancestral e o grafite que remete à uma arte moderna e que está em ascensão. O artista tem a intenção de repassar o trabalho, a história e o respeito pela cultura indígena, elemento pelo qual ficou conhecido na cidade ao pintar viadutos com povos nativos.

    O principal objetivo da exposição é mostrar respeito pela ancestralidade dos nativos da nossa terra
    O principal objetivo da exposição é mostrar respeito pela ancestralidade dos nativos da nossa terra | Foto: Divulgação

    Trajetória do artista

    Criado na vila de mineração Pitinga, dentro da reserva indígena Waimiri Atroari, Raiz conheceu o graffite em uma revista de skate aos 11 anos e, desde então, riscava todos os seus cadernos com tags, bombs e personagens. Foi aos 14 anos que conseguiu suas primeiras latas de spray com as quais fez seus primeiros grafites nas paredes de seu quarto.

    O artista já fez uma turnê pela Bahia, Paraíba, Pernambuco, São Paulo e Rio de Janeiro, visitando 18 cidades, estudando povos e culturas tradicionais de cada lugar por onde passou num processo de imersão artística e divulgação do grafite manauara. Suas artes levaram-no a representar o Amazonas em diversos festivais, como no Ceará, Roraima e Rio Grande do Sul, mas é a primeira vez que Raiz ganha uma exposição solo em Manaus.

    Serviço

    O quê? Exposição Raiz.

    Quando? Nesta quinta-feira (23).

    Onde? Galeria do largo, em frente ao teatro Amazonas no largo São Sebastião.

    Horário? Abertura a partir das 19h e visitação de terça à domingo (15h às 21h).

    Leia mais:

    Receba as principais notícias do Portal Em Tempo direto no Whatsapp. Clique aqui!

    Artista transforma paixão por ônibus antigos em miniaturas

    Três exposições são inauguradas na Galeria do Largo, em Manaus

    Comentários