Fonte: OpenWeather

    Carnaval 2020


    'Família Lúcio de Lima': o amor pelo Carnaval de geração para geração

    A família Lúcio de Lima, que mora no bairro Educandos, Zona Sul de Manaus, realiza todo ano um bloco de Carnaval

    Família toda participa do Carnaval | Foto: Lucas Silva

    Manaus - Uma paixão que passa de geração em geração. Assim é o Carnaval para a família Lúcio de Lima, que mora no bairro Educandos, Zona Sul de Manaus.

    Segundo o vigilante de segurança, Francisco Lúcio de Lima, de 35 anos, todos os anos, desde 2013, a família realiza o “Bloco da Fartura”, na rua Boulevard Sá Peixoto, esquina com Beco dos Passos (próximo à Ponta Branca). O bloco é organizado por todos os “sete irmãos Lúcio de Lima”, vindos do município de Tefé (distante 523 quilômetros em linha reta de Manaus), como intitula Francisco.

    “O bloco é organizado por todos os irmãos e todos levam o sobrenome Lúcio de Lima: Pedro, Renier, Ana Teresa, Amanda Cristina, Raimunda Cristina, Istilene e eu Francisco, conhecido como Chiquinho. Nós todos somos de uma comunidade de Tefé, no interior do Amazonas. Eu vim para Manaus em 2004. Minha irmã casou e veio morar na capital também. Meu outro irmão está na cidade há mais de 20 anos. Aos poucos, um a um a um da nossa família veio para Manaus”.

    Origem

    Francisco também conta que o bloco levou esse nome por conta do crescimento surpreendente que teve a cada ano. Se em 2013 era realizado apenas com os familiares e alguns amigos, na edição do ano passado, o bloco contou com aproximadamente 300 pessoas.

    “O bloco foi algo que surgiu do nada. Em uma brincadeira de churrasco de domingo, tivemos a ideia de fazer um bloco da nossa família para nossa família, assim como nossos vizinhos também realizam todos os anos. Decidimos colocar esse nome porque nossa família que é do interior veio para Manaus para conseguir alguma perspectiva de vida. E, hoje, toda nossa família conseguiu conquistar suas riquezas”, contou Francisco

    Ainda segundo “Chiquinho”, a família cresceu financeiramente e o bloco acompanhou esse crescimento.

    O “Bloco da Fartura” é realizado desde 2013
    O “Bloco da Fartura” é realizado desde 2013 | Foto: Lucas Silva

    “Aos poucos, fomos conseguindo estudo, emprego, nossas casas. Crescemos financeiramente e o bloco cresceu junto. A primeira edição contou com 20 pessoas. Hoje, toda a família, vizinhos e vários amigos participam da festa que reúne de 200 a 300 pessoas. A tradição de comemorar o Carnaval veio dos nossos pais que, se ainda estivessem vivos, com certeza, ainda estariam comemorando conosco”, afirmou Chiquinho.

    O montador de móveis Jerson Gama, também natural de Tefé e amigo de longa data dos “Lúcios de Lima”, conta que a família e os amigos são muito unidos e que todos participam da organização da festa.

    “É como se fôssemos uma grande família. Nós nos reunimos para fazer algo bem legal para todo mundo poder se divertir. Os irmãos, os filhos, os vizinhos e amigos participam ajudando com o que podem para que o bloco aconteça. A família inclusive já até realizou um mutirão onde entregou prato de comidas para os refugiados venezuelanos e haitianos”, confessou.

    Atrações

    A sétima edição do “Bloco Calçada da Fartura”, marcada para acontecer no domingo (23), durante a 39º edição do Carnaval de Educandos, tem até uma marchinha oficial que homenageia a história da família, os amigos e a vizinhança.

    Neste ano, a festa fica sob comando das atrações Anderson Lima e Erly & Forró Di Respeito – ex-vocalista da banda Xote com Pimenta que hoje segue carreira solo. Durante os intervalos, o DJ Paulinho tocará as tradicionais marchinhas de Carnaval, “arrocha”, sertanejo e forró para animar todo o público.

    Os interessados em participar da festa poderão comprar o abadá do bloco que dá direito a um prato de feijoada. Para fazer a reserva basta entrar em contato com Francisco pelo número (92) 99107-1828.

    Anuncio
    Comentários