Fonte: OpenWeather

    Relacionamentos


    Psicólogo lista os tipos de infidelidade e causas para traição

    Veja motivos para infidelidade que são pouco levados em consideração

    Para o psicólogo João Junior, a traição é um fenômeno comportamental
    Para o psicólogo João Junior, a traição é um fenômeno comportamental | Foto: iStock

    Manaus - Uma das maiores dores é descobrir que foi traída. Mas será que a traição é apenas quando uma pessoa faz sexo com outra pessoa? A resposta é não. E os motivos? O senso comum prega que a traição, em geral, é motivada por curiosidade, perda de interesse pelo par ou do desejo sexual, distância emocional entre o casal ou algum momento de crise no relacionamento. Confira os tipos e causas da traição na matéria do Portal Em Tempo.

    Para o psicólogo João Junior, a traição é um fenômeno comportamental que desde antiguidade envolve as relações afetivas/sexuais do ser humano. No entanto, há pouca pesquisa científica para investigar esse objeto.

    "Homens e mulheres traem por causas semelhantes e distintas. Entretanto, o gênero masculino é o que mais materializa o ato, a maioria das mulheres, ficam apenas na paquera ou na fantasia. Homem busca na traição no prazer sexual, enquanto a mulher busca amparo afetivo", revela.

    Causas

    "A traição tem inúmeras causas:  desentendimento entre o casal, a diminuição da atração sexual pelo(a) parceiro(a), a busca por outras experiências. Lembrando quando falamos em casal não é aquele constituído matrimonialmente, mas sim,  duas pessoas em um relacionamento declarado ou assumido publicamente", explica Junior.

    Pressão de alguém

    Embora esse tipo de situação seja mais comum entre pessoas muito jovens, quem tem uma identidade muito frágil e instável pode, sim, ceder ao incentivo de amigos, por exemplo, para trair. Trata-se, ainda, de um sinal de imaturidade emocional, de insegurança e de dificuldade em controlar as emoções e bancar a própria opinião.

    "Na atualidade um aspecto interessante que percebemos em alguns casais é o sentido e significado atribuído a traição, que está mais voltados ao parceiro(a) em amar uma outra pessoa do que propriamente ao ato sexual. Essa interpretação é consequência das novas configurações de relacionamento e a liberdade sexual apregoada nas últimas décadas", afirma o especialista.

    Tipos de infidelidade

    Emocional: como indica a própria definição, consiste na infidelidade em que há um envolvimento emocional com uma pessoa fora do relacionamento.

    Virtual: quando os envolvidos trocam mensagens ou conversam por vídeo. O consumo de pornografia também se encaixa neste tipo.

    Sexual: caracterizado apenas por relações sexuais casuais, sem compromisso ou envolvimento emocional.

    Objetal: quando um objeto ou uma situação afasta os parceiros. Por exemplo: um hobby que faz com que o casal nunca esteja junto ou quando um parceiro se dedica muito a algo para ficar longe do outro.

    "As redes sociais e sites de relacionamento influenciam para a infidelidade, uma vez, que basta você acessar esses software para se relacionar, trocar nudes, fotos eróticas e até o sexo virtual. As consequências da traição quanto descoberta no namoro ou casamento, este entra em crise, separações conjugais, violência doméstica e contaminação do(a) parceiro(a) com infecções sexualmente transmissíveis", alerta João.

    Algumas outras causas são:

    -Insatisfação no relacionamento

    -Inseguranças

    -Brigas constantes

    -Distanciamentos afetivos

    -Problemas na cama

    -Falta de diálogo entre o casal

    -Baixa autoestima

    -Dificuldade com intimidade

    -Depressão

    -Vício/dependência de sexo

    Comentários