Fonte: OpenWeather

    Temporada 2020


    Nacional anuncia dois reforços para a temporada 2020

    Pensando na Série D e no Amazonense, o clube contratou os meias Randerson e Charles Nascimento

    Atletas se apresentam ao clube para começar os treinamentos para 2020
    Atletas se apresentam ao clube para começar os treinamentos para 2020 | Foto: Divulgação

    Manaus - O Futebol Amazonense se movimenta para a próxima temporada. Seguindo essa tendência, o Nacional Futebol Clube (FC) anunciou dois reforços que irão compor o seu elenco no Amazonense e na Série D, ambas competições em 2020, sendo eles os meias Randerson e Charles Nascimento.

    O meia Randerson, de 25 anos, foi revelado no Princesa do Solimões, mas já jogou pelos times: Operário- AM, Holanda-AM, Baré-RR, além do seu último clube, o São Raimundo-RR. Essa é a primeira passagem pelo Leão da Vila Municipal.

    O outro atleta contratado foi Charles de Queiroz do Nascimento, de 28 anos, que foi formado no Paranoá Clube e é um velho rosto conhecido pela torcida, sendo essa a quinta passagem pelo Leão da Vila Municipal. Ele também tem passagens por Mamoré-MG, Caldense-MG, Guarani-MG, Sampaio Corrêa- MA e Manaus FC.

    Outros atletas

    Os meias se juntam aos nove atletas que tiveram seus contratos renovados para 2020: André (goleiro), Bernardo e Paulinho (laterais), Alisson e Felipe Eduardo (volantes), João Pedro, Rafael Vitor e Anderson Bandeira (zagueiros) e Romarinho (atacante).

    Pensando na montagem do elenco, que já conta com alguns jogadores remanescentes da temporada de 2019, o Nacional organizou uma série de peneiras, com jogadores nascidos entre 2001 e 2006, para todas as categorias do clube.

    O time sub-19 do clube foi campeão do Campeonato Amazonense da categoria e irá representar o Amazonas na Copa São Paulo, em 2020, um dos maiores torneios de base do país.

    As peneiras

    Segundo o técnico das categorias de base do clube, José Ribamar, todos serão convocados para um novo teste. Ele explica o motivo. “A gente sabe que o primeiro dia que eles participam é uma ansiedade muito grande e isso acaba atrapalhando o desempenho. Por isso, iremos marcar outro dia com os mesmos garotos para avaliarmos melhor. Eles não precisarão pagar novamente, não estamos aqui querendo dinheiro. Buscamos mesmo a qualidade, é um trabalho sério de captação”, disse.

    Com uma segunda oportunidade para mostrar seu talento, o atacante Elton Alves, de 18 anos, natural de Lindóia, acredita que terá melhor desempenho.

    “Hoje foi pouco tempo de teste não deu para mostrar um futebol bom, mas, acredito que com essa segunda oportunidade vou melhorar meu desempenho e jogar mais tranquilo”, revela.

    A direção do clube ainda não definiu a data para a nova avaliação. Ribamar revela que ficou satisfeito com o que viu, mas também ressalta que o trabalho com a base tem de ser mais cauteloso.

    “Todos são jovens em busca de um sonho. Temos muitos talentos aqui no Amazonas, nem há o que se discutir, mas é preciso ter cautela. Trabalhar com base é isso, ter paciência em dobro e um olhar diferenciado para não perder pedras preciosas que podem fazer história no nosso clube”, completa.

    Anuncio
    Comentários