Fonte: OpenWeather

    Estupro


    Suspeito de tentar estuprar bebê em Manaus morre no HPS João Lúcio

    Wilcicley de Souza Pantoja foi agredido por vizinhos da vítima e estava internado em estado grave, desde o último domingo (26), na unidade de saúde

    As causas da morte foram por edema cerebral, hemorragia e traumatismo craniano | Foto: Kennedson Paz

    Manaus- Suspeito de ter tentado estuprar uma criança de um ano e sete meses, Wilcicley de Souza Pantoja, de 24 anos, morreu na noite dessa segunda-feira (27) por volta de 18h30 no Hospital e Pronto-Socorro João Lúcio, situado na avenida Cosme Ferreira, no bairro Coroado, Zona Leste de Manaus.

    A tentativa de estupro ocorreu durante a manhã do último domingo (26), quando Wilcicley foi espancado por populares após invadir uma casa, também na Zona Leste, onde estava a criança.

    A mãe da criança, que estava em outro cômodo da casa, ouviu o barulho e correu para ver o que havia acontecido. A mulher encontrou Wilcicley completamente despido ao lado da criança. No entanto a mãe chegou a tempo e não houve a conjunção carnal.

    Desesperada com a situação, a mulher começou a gritar para os vizinhos pedindo socorro.

    Indignados com a situação, os populares espancaram o suspeito até a chegada de uma viatura da Policia Militar (PM). Devido aos graves ferimentos, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionada e conduziu Wilcicley até o Hospital João Lúcio, onde foi internado em estado grave.

    Wilcicley precisou passar por cirurgias na região da cabeça. No entanto, não resistiu aos ferimentos ontem.

    Conforme o laudo do Instituto Médico Legal (IML), as causas da morte foram por edema cerebral, hemorragia e traumatismo craniano.

    A mãe do jovem registrou o Boletim de Ocorrência (B.O) na Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), onde o caso deve ser investigado.

    Comentários